Conheça nosso Grupo De Estudos!



Intel lança novos chips e sistemas de transferência de dados

No início do ano, a Intel revolucionou o mercado de TI com o lançamento de sua nova família de processadores. A linha New Core trouxe 25 novos produtos para os mais diversos segmentos, todos eles baseados na tecnologia de 32 nanômetros. E o melhor: a nova linha chegou custando quase o mesmo que a família anterior. A constante miniaturização dos transistores é a grande responsável por vários benefícios que surgem com estas novas máquinas.
“Toda vez que se reduz essa quantidade de nanômetros dentro de um processador, você consegue implementar uma série de novas tecnologias. Essas tecnologias vão desde aumentar o tamanho de cash a colocar novas instruções nesses processadores, para que esses processadores possam operar de uma maneira mais rápida e efetiva com determinados tipos de aplicação. Você também pode implementar aí uma série de recursos que tornam o processador mais eficiente na economia de energia ou mais eficiente em relação a performance,  a performance mais dinâmica.”, explica Marcelo Gonçalves, Gerente de Produto da Linha Core na América Latina
Além de ser o principal motor da inovação no mundo dos processadores, a Intel é uma empresa que cria, antes de tudo, tecnologia. Por isso, vários outros produtos da empresa também devem chegar à sua casa nos próximos meses. Um deles é o WiDi, abreviação para Wireless Display Interface. Esta tecnologia estará embarcada em futuros laptops equipados com os processadores Core i3 e Core i5, e promete fazer com que o seu PC dialogue melhor com o media center. É que graças a essa tecnologia, o usuário será capaz de transmitir vídeo em alta definição diretamente para a TV, sem uso de fios e nem de roteador. É mais um cabo que foi eliminado da sua vida.

“Esse equipamento ainda está disponível somente nos Estados Unidos, mas já existe uma conversa de estar disponibilizando essa tecnologia aqui no Brasil”, diz Marcelo Gonçalves.  

Outra novidade apresentada pela Intel é a tecnologia Light Peak. É como se o mundo das fibras ópticas, corporativo, entrasse pela porta da frente da sua casa. Esta plaquinha é capaz de transmitir dados a uma velocidade de até 10 Gigabit por segundo e já está disponível no mercado! Ou seja, um disco Blu-Ray pode ser transferido integralmente em cerca de 30 segundos.

“É bastante interessante por que você sai da linha de aumentar performance em um processador, num HD, numa memória e agora foca  um pouco na parte de comunicação também. Porque você consegue eliminar gargalos no seu equipamento, tornando o equipamento muito mais balanceado. Você aumenta a performance em todos os componentes nessa máquina”, comenta Marcelo Gonçalves.
Enquanto você vive o hoje, saiba que tem gente pensando no seu amanhã. Tudo isso para que cada vez mais performance, mais velocidade e mais informações estejam disponíveis nas pontas dos seus dedos.
Via: Olhar Digital.