Conheça nosso Grupo De Estudos!



Configurando sua IDE do Arduino para usar com a placa WeMos D1 R2 no Linux



Apresentação

Sendo mais uma das séries de placas para prototipagem, a WeMos D1 R2 conta, além de um controlador ESP8266, diferente dos tão conhecidos ATMega do Arduino, com um módulo WiFi já embutido na placa como diferencial da mesma.
Além do modelo original, há muitos outros paralelos, porém todos com as mesmas propriedades.

Fabricante: https://www.wemos.cc/

1- Obtendo a IDE do Arduino

Baixe a IDE diretamente do site é mais seguro, já que os repositórios podem não fornecer a IDE mais atual do Arduino, que não terá as opções necessárias para as configurações;
Site: https://www.arduino.cc/en/main/software.
Feito isso, descompacte o pacote e entre no diretório do pacote descompactado pelo terminal.
Execute a IDE com ./arduino.

2- Configurando

      a) Já na sua IDE, vá até Arquivo > Preferências e, no campo "URLs Adicionais" coloque o link que esta a baixo, e dê OK;
http://arduino.esp8266.com/versions/2.3.0/package_esp8266com_index.json
Ele irá inserir os pacotes necessários para a IDE reconhecer e trabalhar com a WeMos D1 R2.
      b) Feito isso, vá até Ferramentas > Placa ArduinoXX > Gerenciador de Placas. Na janela que irá abrir, role até aparecer a opção "esp8266 by ESP8266 Community" e clique em "Instalar".
Será feita a instalação dos drivers/bibliotecas necessários para o reconhecimento da placa.
      c) Reinicie a IDE, então, vá até Ferramentas > Placa ArduinoXX e selecione a opção WeMos D1 R2, que irá aparecer agora.
      d) Plugue a placa no seu computador através de uma porta USB, para isso utilizando um cabo de dados iguais aqueles usados em celulares.
(OBS: enquanto ligada a placa deverá permanecer em uma superfície isolante - plástico por exemplo - a fim de evitar efeito estático.
      e) De volta a IDE, vá em Ferramentas > Porta > escolha /dev/tty/USBX(X = número da porta USB na qual estará conectada sua placa).

3- Testando

Vá em Arquivo > Exemplos > Basics e escolha o "Blink", que é o exemplo mais simples de teste, faz apenas piscar LEDs.
Clique na seta "Carregar", para ocorrer a compilação e o envio do programa para o microcontrolador da placa.
O LED próximo ao módulo de Wi-Fi da placa irá piscar constantemente, indicando a gravação do programa no microcontrolador, e logo após, piscar ritmicamente, indicando que sua placa está funcionando e pronta para o uso!
(OBS: caso não consiga enviar o programa para o microcontrolador, tente rodar a IDE como root.)

Glosário

Arduino: é uma ferramenta para criar computadores que podem sentir e controlar mais o mundo que seu PC. Ele é uma plataforma física de computação de código aberto baseado numa simples placa microcontroladora, e um ambiente de desenvolvimento para escrever o código para a placa.

WeMos: é uma placa de testes com projetos de eletrônica, tipo o Arduino.

IDE: do inglês Integrated Development Environment ou Ambiente de Desenvolvimento Integrado, é um programa de computador que reúne características e ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software com o objetivo de agilizar este processo.

Repositório: Local em que algumas coisas são guardadas, arquivadas ou colecionadas.

Prototipagem:  é um processo interativo de geração de modelos de software que faz parte da análise do ciclo de vida do desenvolvimento de sistemas.